Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma Vida Pouco Privada

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Alfabeto Literário C

alfabeto-literario.jpg

 

 

C - Citação Literária Favorita - Isso é uma pergunta muito dificil porque não retenho muitas, mas tenho muitas sublinhadas nos meus livros favoritos que já li e reli. Mas há duas que me acompanham desde miúda e são de livros infantis e que representam muito na minha forma de ver o mundo.

"Viver seria uma enorme aventura..." Peter Pan

"Que sorte que eu tenho, por ter alguém a quem é tão dificil dizer adeus" Winnie the Pooh

 

Por 26 dias, eu, a Stone Art Books, a JustMaria João CovasSofia GonçalvesMulaAlexandraDrama QueenCaracolGorduchitaB♥Sandra.wink.winkFátima BentoHappyCarla B. respondemos a 26 perguntas sobre livros, tendo como mote o alfabeto. Às segundas, quartas e sextas, às 14h, não se esqueçam de cuscar as nossas respostas, em cada um dos blogs. Ou consultem aqui todos os posts publicados com esta tag (não consigo colocar aqui as tags da blogspot). 

Alfabeto Literário A e B

alfabeto-literario.jpg

 

Afinal descobri que deveria ter postado a resposta ao A na sexta, para ficar certinha com as outras participantes, por isso hoje há A e B.

A - Autor Favorito - Isabel Allende (de sempre e para sempre).

B - Bebida Preferida Durante a Leitura - Isso varia muito consoante a época do ano, desde chá, a café, capuccino ou a um suminho natural, serve qualquer coisa, não sou esquisita.

 

Por 26 dias, eu, a Stone Art Books, a JustMaria João CovasSofia GonçalvesMulaAlexandraDrama QueenCaracolGorduchitaB♥Sandra.wink.winkFátima BentoHappyCarla B. respondemos a 26 perguntas sobre livros, tendo como mote o alfabeto. Às segundas, quartas e sextas, às 14h, não se esqueçam de cuscar as nossas respostas, em cada um dos blogs. Ou consultem aqui todos os posts publicados com esta tag (não consigo colocar aqui as tags da blogspot). 

 

Da Leitura

Roubei a ideia de A Vida da Gorduchita que encontrou esta tag literária no StoneartBooks!

Eu sei que estou um bocadinho atrasada no desafio que me propus no GoodReads mas continuo a ler quase todos os dias e gosto muito destes desafios. 

Temos 26 perguntas relacionadas com os nosso hábitos de leitura e associadas às 26 letras do alfabeto. Respostas às segundas, quartas e sextas. Na próxima segunda começo e quem quiser juntar-se faça o favor.

  A - Autor preferido
  B - Bebida preferida durante a leitura
  C - Citação literária preferida
  D - Detestaste ler
  E - Estás a ler
  F - Feliz por lhe teres dado uma oportunidade
  G - Género literário que não lês
  H - Hardcover ou paperback?
  I - Internet ou livrarias físicas?
  J - Julgas um livro pela capa?
  K - Kobo ou Kindle? Kindle ou livro físico?
  L - Livro mais longo que já leste
  M - Momento mais importante na tua vida literária
  N - Número de estantes que possuis
  O - Obsessão literária
  P - Personagem que provavelmente terias namorado na escola
  Q - Quantos livros tens por ler?
  R - Ressacas literárias. Quando foi a tua última?
  S - Série que começou e precisa acabar
  T - Três dos teus livros preferidos de sempre
  U - Último livro que leste
  V - Voltarás a ler.
  W - Wishlist literária. Qual o último livro que adicionou à tua wishlist?
  X - X marca o lugar. Qual é o 24º livro da tua estante?
  Y - Y.A. ou livros adultos
  Z - Zzzz...Qual o último livro que te manteve acordada até tarde?

 

Da Vida na Cidade

Eu gosto de viver na cidade, detesto apartamentos e sempre me imaginei a viver numa casa, mas sempre fugi do campo, do interior e do isolamento. Acho magníficas aquelas vivendas no alto do serro mas só porque têm uma vista brutal, porque depois, se precisarem de um pacote de arroz têm de fazer 5 km de carro até ao local civilizado mais próximo. 

Por isso por mais que sonhasse com uma vista de tirar o fôlego pela manhã, ou por mais que gostasse da calma e da paz de uma casa na aldeia, sempre quis viver na cidade, perto do supermercado, do café e da padaria. 

No entanto também nunca ambicionei viver numa cidade grande, sempre me assustou um pouco, o mundo de gente que se desloca em manada por Lisboa fora ou as filas de trânsito intermináveis ou até mesmo a solidão mascarada da vida das cidades grandes, em que ninguém cumprimenta ninguém. É claro que adorava ter acesso mais facilitado a tudo a que uma grande cidade oferece, especialmente em termos culturais, mas viver dessa forma, corrida e solitária é um preço muito alto a pagar pelo acesso à cultura.

Isto tudo para dizer que gosto muito de viver na minha pequena cidade, onde cumprimentamos quase todos com quem nos cruzamos a caminho do trabalho, onde os vizinhos ainda se sentam à porta de casa nas noites quentes de verão, onde podemos ir levar o lixo à meia-noite sem medo ser assaltados, onde ainda há portas fechadas só no trinco, onde o supermercado é logo ali e a padaria fica no final da rua, onde há Bancos, Segurança Social, Finanças e Tribunal, ou seja, onde posso tratar de tudo sem precisar de sair da minha área de conforto. Gosto muito de morar onde moro, como todas as cidades tem zonas feias e sujas, mas também tem melhorado muitas outras, e cada vez é mais agradável viver por aqui.

Mas acima de tudo, o que gosto mais de viver numa cidade pequena é sensação de fazer-mos parte de algo, há festas e eventos só nossos, que nos enchem de orgulho e nos fazem sentir incluídos. Viver a nossa terra é isso mesmo, fazer parte, participar, conhecer, e isso é o que acho que entretanto se perdeu um pouco e que as pequenas cidades tentam trazer de volta.