Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma Vida Pouco Privada

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Da Minha Vida de Destrambelhada

Por sugestão da Chic' Ana e porque adorei o post dela sobre o assunto, aqui vai a minha lista de dez peripécias mais marcantes.

1 - Quando era pequena, entrei pela adega do meu avó adentro e fui andando e derrubando garrafas pelo caminho. Só parei quando cheguei ao pé dele. Parte boa: ainda estavam vazias. Parte Má: parti mais de 20 garrafas de litro prontas a engarrafar.

2 - Bati com um guarda-chuva em mim própria e lasquei um dente.

3 - Bati com o nariz na porta ao sair do quarto dos putos. Chorei de dor e de irritação durante alguns minutos.

4 - Parti o dedo mindinho do pé, porque ia ralhar com o Mini. Isto a uma semana de um espectáculo de dança em que tinha de dançar com salto alto naquele pé.

5 - Para a minha parceira de ginástica não cair no chão apanhei-a com a cara, sim com a cara, andei com a cana do nariz roxa e queimada durante três semanas. Levantou-se a questão se seria vitima de violência em casa.

6- Na escola primária derramava o leite que eles davam ao lanche por cima de mim, dia sim, dia não.

7 - Pelo menos uma vez por semana deixo cair a torrada no chão, com a face barrada virada para baixo.

8 - Quando estava na universidade, a minha casa tinha um quadro eléctrico antigo onde era preciso trocar fusíveis quando o mandava abaixo, o que acontecia pelo menos uma vez de duas em duas semanas, porque me esquecia que não podia ligar a varinha mágica com o termoacumulador a trabalhar.

9 - Mandei mensagem ao ex namorado da minha "pseudo PT" a perguntar se íamos treinar no dia seguinte.

10 - Na brincadeira em casa de uma amiga, parti o vidro da porta de entrada porque lhe dei um encontrão para a tentar abrir.

 

Tenho a certeza de que há muito mais, mas estas foram as que me ocorram assim de repente.

6 comentários

Comentar post