Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma Vida Pouco Privada

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Do cinema

Ontem fomos ao cinema, foi assim uma decisão em cima da hora, ouvimos a publicidade na televisão sobre a festa do cinema, com a bilhetes a 2,5€ em todas as salas do país e resolvemos ir, porque já não íamos há bastante tempo.

Desta decisão inesperada constatei várias coisas.

 

1ª Das duas uma, ou as pessoas deixaram de gostar de ir ao cinema, ou não ligam nenhuma ao que se passa à volta delas. Num dia com bilhetes tão baratos, a sala com maior ocupação era a do Capitão América e só estava a 60% (Sim porque as salas da nós apresentam a lotação da sala em percentagem, adoro este tipo de cenas). O pessoal que não tem filhos para cuidar já não vai ao cinema? Fiquei bastante surpreendida.

 

2ª Isto vai soar foleiro, mas foi o que senti. Baixou-se o preço dos bilhetes baixou-se a qualidade do publico. Sim eu sei que é mau dizer isto, mas já há muito tempo que não ouvia aos berros comentários como, "Eh lá" ou "Dá-lhe". A falta de educação revelou-se, pode ser coincidência mas...

 

3ª Devíamos ter programado aquilo melhor, porque tinha dado para ver dois filmes por 5€ se tivéssemos ido à sessão das 19h e à das 21h.

 

4ª Esta cena do cinema digital é do caraças, a protagonista está a ficar acabadita e graças definição da imagem era possivel ver as peles na zona das axilas... foi um pouco estranho. E outra das actrizes, um pouco mais nova não faz o buço e vê-se os pêlos nas cenas em que a cara dela surgia mais focada. E assim se destrói o glamour das actrizes de cinema perfeitas :P

 

FotoJet Collage.jpg

 

2 comentários

Comentar post