Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma Vida Pouco Privada

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Little Things #4

FotoJet Collage.jpg

* Acordar às 5 da manhã porque nos lembrámos que deixámos a chave do carro na mesa do jardim e ir lá buscá-la a pensar que algum maluco pode saltar o portão e roubar o carro e chegar lá fora e ver uma lua magnífica e enorme no horizonte * 

Das Novas Tecnologias

Por mais que não queiramos admitir, por mais que digamos que não utilizamos, os smartphones e as suas app's mudaram a nossa vida. A maioria das pessoas já não vive sem elas e há muita gente que vive para elas.

Confesso que sempre me interessei por tecnologia e sou fã das modernices que vão surgindo. Ainda ontem actualizei o meu windows phone para o windows 10 e estou completamente maravilhada.

Sei que há muitas consequências negativas na massificação da utilização de smartphones, mas temos todos de admitir que este novo mundo que tem a internet como apêndice nos permite coisas que antes eram impensáveis.

Actualmente além do vulgar messenger do Facebook, utilizo mais duas app's de mensagens diariamente e ambas me permitem manter amizades que de outra forma seriam garantidamente mais frágeis.

O WhatsApp tornou-se a minha principal forma de comunicar com pessoas de rede diferente da minha. E permitiu uma coisa magnífica que foi manter grupos de amigos em contacto.

Actualmente tenho quatro grupos que utilizo quase diariamente. Consigo manter contacto com o que sobrou da família da universidade, com a família da dança, com as madrinhas da M e com a professora de Yoga. Muitas destas pessoas estão a muitos km de distância de mim, algumas até fora do país. Desde que utilizamos estes grupos estamos muito mais próximas e digam o que disserem fez-nos bem e é muito bom ouvir as vozes delas e ler as respostas às nossas conversas.

Mais recentemente e associado ao desafio de escrita que me propuseram instalei também o KIK, aparentemente muito popular no States. Nessa app falo com cinco raparigas de idades, países e profissões completamente diferentes, mas incrivelmente próximas umas das outras pela partilha que conseguimos manter através das conversas que mantemos na app. 

Por tudo isto, e não esquecendo o Skype que permite ao Mini ver os primos e avós que estão longe e falar com os padrinhos quando está bem disposto, acho que não podemos deixar de admitir que as novas tecnologias, entre alguns aspectos negativos, permitiram reforçar amizades e estreitar distâncias nas nossas vidas.

John-McWhorter-Texting-Language-Learning-web.jpg