Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma Vida Pouco Privada

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Disto de ser mãe #11

Mudando um pouco de temática relativamente ao post anterior, mas não fugindo muito, quero dizer que tenho muito orgulho nos meus putos.

Tenho a sensação que ando sempre zangada com eles, que parece que andamos sempre às turras e que eles nunca fazem o que lhes digo, mas a verdade é que quando vou às reuniões da escola e oiço o que as professoras têm para dizer, apercebo-me que talvez a coisa não esteja tão má assim. 

O Mini entrou este ano para o primeiro ciclo, e não podia estar mais satisfeita, na verdade o miúdo integrou-se perfeitamente, faz os trabalhos de casa na biblioteca da escola enquanto espera por mim, a maioria das vezes e teve muito bons resultados no final no primeiro período. Apresenta boa capacidade de aprendizagem das letras e um raciocínio muito bom a matemática, as artes não são a praia dele, mas isso eu já tinha percebido. Confesso que fiquei muito feliz por o ver tão bem integrado nesta nova realidade, fiquei apenas um pouco preocupada com as pequenas obsessões dele, ele é um pouco OCD como eu e sei de experiência que isso nos trás alguns dissabores ao longo da vida. 

O mais novo também mudou este ano. O Micro entrou para o pré-escolar e apesar de achar que ele não ia adaptar-se muito bem, porque é mais mimalhinho, na reunião de final de período com a professora, percebi que afinal, aquelas vergonhas do início do dia, dispersavam rapidamente e que surpreendemente o miúdo ajuda muito os colegas e a equipa da sala, arruma tudo o que utiliza e é um miúdo muito interessado. Ora quando eu em casa lhe peço para arrumar alguma coisa, ele responde que não pode porque está muito cansado ou muito ocupado, imaginem a minha surpresa.

Gosto muito da escola onde eles estão, gosto da equipa do pré-escolar e gosto muito da professora do Mini, apesar de achar que ela é um bocadinho exigente de mais com eles, no entanto para o miúdo esse nível de exigência correu bem por isso não podia estar mais satisfeita.

Em resumo, apesar das minhas dúvidas e inseguranças, de achar que muitas vezes sou uma nódoa como mãe e de me sentir uma besta quase todos os dias, nem tudo é mau e os miúdos na escola são uns bem dispostos, responsáveis e gostam de apreender. 

4 comentários

Comentar post