Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma Vida Pouco Privada

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Das Eleições Americanas

Sempre achei que andava meio contra a corrente, mas ultimamente o mundo faz questão de me mostrar que eu não percebo nada disto ou o mundo está mesmo do avesso. Primeiro os Ingleses querem sair da UE. Fiquei em choque, nunca pensei que o sim ganhasse e questiono-me acerca do que é que aquela gente acha que vai ser deles quando o Brexit realmente se efectivar. Acho que foi a atitude mais egoísta que um povo poderia ter, mas também acho que são eles e não nós que vão pagar as consequências. 

E hoje de manhã acordei com a informação de que Donald Trump é o novo presidente dos Estados Unidos da América. Como é que é possível? Estou em choque e espero que o senhor seja aquilo que eu penso que ele é, se sente no poleiro e se deixe estar quietinho durante o mandato a gozar o prato, usar e abusar do dinheiro e das regalias de ser presidente dos USA, porque se ele fizer um décimo do que disse que fazia, brevemente teremos um mundo bem diferente para viver.

Confesso que sempre achei o povo Americano pouco inteligente, sim eu sei que é mau dizer isto mas é uma opinião que tenho há bastante tempo, a falta de cultura deles é assustadora, não que os Portugueses ou até mesmo, generalizando, os Europeus sejam muito melhores (especialmente no que toca a eleições), mas parece que sempre somos ligeiramente mais capazes intelectualmente, no entanto independentemente da minha opinião acerca das capacidades intelectuais da America tinha esperança que a Hilarie Clinton ganhasse. Não, não acho que ela fosse uma grande opção, mas era a única opção. Não sou de todo fã do estilo dela, mas de certeza que seria uma melhor opção para um líder mundial. 

Não podemos levar esta situação de ânimo leve e pensar que ele vai ser presidente lá longe na América e por isso não nos vai afectar. Donald Trump foi eleito líder mundial. Os USA são e sempre serão lideres mundiais por isso boa parte das decisões acerca do nosso futuro vão passar por aquele senhor.

Vai ser Donald Trump que vai estar sentado à mesa das reuniões do G8 e tomar decisões sobre o futuro do mundo.

Este Donald Trump...

 

Este Donald Trump...

 

Este Donald Trump...

 

Este Donald Trump...

 

Este Donald Trump...

 

Este Donald Trump...

 

O dia 9/11/16 (nem vou falar na ironia da coincidência com 11/9) será sempre visto como um dia pouco feliz para este nosso mundo. Vamos acreditar que vai correr tudo bem... enquanto escrevo isto temo pelo mundo que os meus filhos vão ter para viver...

 

P.S. Obama vamos ter saudades! 

Coisas #2

FotoJet Collage.jpg

1 Coisa: Todos os dias quando chego à sala depois de acordar ligo a televisão na RTP1 para ver as noticias enquanto os miúdos ainda dormem, prefiro tomar o pequeno almoço antes deles acordarem para ouvir as primeiras noticias do dia. Quando eles chegam à sala a tv passa para a RTP2 para ver bonecos animados.

Mas às vezes as noticias não são fáceis de digerir. Ontem foi mais um desses dias. Cada vez que um atentado acontece aqui tão perto de nós o meu coração aperta. Que mundo é este onde se mata sem razão centenas de inocentes, que estavam a fazer o mesmo que eu ou qualquer um de nós faz no dia a dia?

Como é que nós nos defendemos desta ameaça invisível que nos ataca cegamente na nossa vida diária? É assustador. Porquê? O que é que nós fizemos para merecer morrer só porque sim?

Confesso que hoje o coração ainda está apertado, sei bem que daqui a uns dias já não me lembro de nada disto e a vida regressa ao normal, e deixo de sentir aquele medo estranho de não saber o que está para vir. Mas estes dias são difíceis. E daqui a uns tempos isto vai voltar a acontecer, o coração vai voltar a apertar e vamos esperar que não chegue cá ou que esta loucura não nos leve ninguém próximo. 

#letsprayforourworld

 

2 Coisas: O Dia do Pai passou a correr, com o pai dos pequenos a trabalhar. Tinha planeado irmos jantar fora os 4 mas surgiram outros compromissos e acabámos todos na casa dos R's para alegria do Mini. Este ano as escolinhas parece que combinaram e o pai recebeu dois porta-chaves, o de cortiça é do Mini e a tira é do Micro. O meu pai ainda há-de receber um livro que lhe quero comprar mas que não achei aqui no continente.

 

3 Coisas: A Páscoa está à porta e as amêndoas de chocolate são um vicio do caraças cá em casa. Entretanto a decoração está feita graças ao Mini.

 

 

4 Coisas: O treino da semana foi feito e desta vez correu bem melhor. Espero conseguir ir ao Yoga amanhã.

 

5 Coisas: Quero muito conseguir ler mais, estou empenhada nas minhas rotinas de leitura e tenho aproveitado a hora de almoço e uns minutos antes de dormir para isso, além da meia-hora de natação do Mini. Mas ainda estou a ler o mesmo livro desde Dezembro... 

 

6 Coisas: Arranjei outra série para me viciar. The Royals. Vi a primeira temporada em 4 dias. É do caraças. E não me perguntem porque é que estou viciada porque não vos sei dizer.

 

7 Coisas: Já há uma baixa desta trovoada maravilhosa destes dias. O Micro está em casa com febre, tosse e muito ranho. Outra vez... O Mini está a ir à escola mas também anda meio avariado. Verão volta por favor...