Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma Vida Pouco Privada

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Espaço dedicado à vida pouco privada de uma família de quatro, mãe, pai, mini e micro, gerido pela mãe que tenta não se esquecer de ser mulher e companheira quase todos os dias...

Do "America First"

Ontem à noite quase que acordei os miúdos com as minhas gargalhadas graças ao "America First, Portugal Second" do "Cinco para a Meia Noite".

O Srº Trump enerva-me e confesso que até me assusta um pouco, mas também me faz rir muitas vezes de tão ridículo que se apresenta.

Na verdade os nossos telejornais neste momento dão-lhe cerca de 10 minutos de tempo de antena diariamente, tal é o rol de barbaridades que o homem faz por dia. 

Temo pelos Estados Unidos da América e principalmente temo pelo mundo, porque acredito que os seus actos tenham consequência para todos nós, mas confesso que o homem é sem dúvida bom produto para os comediantes e ontem no "Cinco" tivemos a apresentação do movimento "Comedyagainsttrumpism" que nos trás de toda a Europa mensagens muito inteligentes para o Srº Trump.

Esta foi a nossa e adorei, sem dúvida, está excelente.

Das Eleições Americanas

Sempre achei que andava meio contra a corrente, mas ultimamente o mundo faz questão de me mostrar que eu não percebo nada disto ou o mundo está mesmo do avesso. Primeiro os Ingleses querem sair da UE. Fiquei em choque, nunca pensei que o sim ganhasse e questiono-me acerca do que é que aquela gente acha que vai ser deles quando o Brexit realmente se efectivar. Acho que foi a atitude mais egoísta que um povo poderia ter, mas também acho que são eles e não nós que vão pagar as consequências. 

E hoje de manhã acordei com a informação de que Donald Trump é o novo presidente dos Estados Unidos da América. Como é que é possível? Estou em choque e espero que o senhor seja aquilo que eu penso que ele é, se sente no poleiro e se deixe estar quietinho durante o mandato a gozar o prato, usar e abusar do dinheiro e das regalias de ser presidente dos USA, porque se ele fizer um décimo do que disse que fazia, brevemente teremos um mundo bem diferente para viver.

Confesso que sempre achei o povo Americano pouco inteligente, sim eu sei que é mau dizer isto mas é uma opinião que tenho há bastante tempo, a falta de cultura deles é assustadora, não que os Portugueses ou até mesmo, generalizando, os Europeus sejam muito melhores (especialmente no que toca a eleições), mas parece que sempre somos ligeiramente mais capazes intelectualmente, no entanto independentemente da minha opinião acerca das capacidades intelectuais da America tinha esperança que a Hilarie Clinton ganhasse. Não, não acho que ela fosse uma grande opção, mas era a única opção. Não sou de todo fã do estilo dela, mas de certeza que seria uma melhor opção para um líder mundial. 

Não podemos levar esta situação de ânimo leve e pensar que ele vai ser presidente lá longe na América e por isso não nos vai afectar. Donald Trump foi eleito líder mundial. Os USA são e sempre serão lideres mundiais por isso boa parte das decisões acerca do nosso futuro vão passar por aquele senhor.

Vai ser Donald Trump que vai estar sentado à mesa das reuniões do G8 e tomar decisões sobre o futuro do mundo.

Este Donald Trump...

 

Este Donald Trump...

 

Este Donald Trump...

 

Este Donald Trump...

 

Este Donald Trump...

 

Este Donald Trump...

 

O dia 9/11/16 (nem vou falar na ironia da coincidência com 11/9) será sempre visto como um dia pouco feliz para este nosso mundo. Vamos acreditar que vai correr tudo bem... enquanto escrevo isto temo pelo mundo que os meus filhos vão ter para viver...

 

P.S. Obama vamos ter saudades!